MÚSICA GOSPEL TRAZ GRANDES MUDANÇAS PARA AS IGREJAS

Por David Cloud

Música gospel de adoração está se esparramando por todas as linhas denominacionais, e quando entra em uma igreja traz mais do que uma mudança no louvor. Traz uma filosofia mundana ao cristianismo e uma redução gradual de todos os padrões de moralidade e doutrina. 
Recentemente Gordon Sears, que teve um ministério de música evangelística por muitos anos e trabalhou com Rudy Atwood, ficou profundamente triste antes da sua morte pela mudança dramática que estava acontecendo em muitas igrejas Batistas fundamentalistas. Ele advertiu: "Quando o padrão de música é abaixado, então o padrão de vestimenta também é abaixado. Quando o padrão de vestimenta é abaixado, então o padrão de conduta também é abaixado. Quando o padrão de conduta é abaixado, então o senso de valor na verdade de Deus é abaixado".

Frank Garlock, da Majesty Music adverte, "Se uma igreja começa a usar música gospel consequentemente perderá todos os outros padrões". (Garlock, Bob Jones University Chapel, 12 de março de 2001). 

Recentemente Ernest Pickering deu um aviso semelhante: "Talvez nada mais leve a uma descida para o neoevangelismo (N.T.: e obviamente para o pentecostalismo) do que a introdução de música gospel. Isto conduz inevitavelmente para uma descida gradual em outras áreas até que a igreja inteira é infiltrada por idéias e programas fora da sua posição original".

Nós podemos ver o cumprimento destas advertências em todo lugar. Considere estes exemplos: 

IGREJA BATISTA THOMAS ROAD, LYNCHBURG, VIRGÍNIA

O exemplo mais proeminente das mudanças que acompanham a adoção de música gospel é Jerry Falwell e a Igreja Batista Thomas Road de Lynchburg, Virgínia. Nos anos sessenta, música cristã tradicional era a marca distinta na sua igreja e no seu programa A Hora do Antigo Evangelho. Ele era um batista independente alinhado com a Comunhão Batista Bíblica Internacional (BBFI). 

Pelos anos oitenta, Falwell tinha adotado a posição de que a "música é neutra." Falando à Palavra da Vida em Nova Iorque, ele disse, "diferente de Metal Pesado e das letras de música vulgar, a música é para todos um assunto de gosto e não tem nada que ver com Cristianismo".

Em 1985 o nome da sua escola foi mudado de Faculdade Batista Liberdade para Universidade da Liberdade. 

Nos anos oitenta, a Maioria Moral de Falwell era composta de pelo menos 30% católicos e em 1987 na sua autobiografia, Strength for the Journey (Força para a Viagem), Falwell os chamou de "meus irmãos e irmãs católicos" (pág. 371). 

Em 1987, Falwell assumiu a liderança do desprezível ministério carismático PTL, enquanto reivindicava que "certamente é de valor para o Salvador". (Strength for the Journey, pág. 442). 

Em 1992, Falwell endossou o livro de Chuck Colson, The Body (O Corpo) que apela aos evangélicos a que unam forças com os católicos e carismáticos e que vejam a igreja católica romana como uma parte do "corpo de Cristo." 

Em outubro de 1995, Falwell elogiou Billy Graham pelo seu "longo e fiel ministério" e não teve nenhuma palavra para advertir sobre o acordo de Graham na sua união com Roma, os elogios as blasfêmias dos modernistas, etc. Em 1997, Billy Graham foi o orador na re-inauguração da Universidade da Liberdade. 

Em 1995 Falwell foi anfitrião de uma conferência dos Promise Keepers. Naquele mesmo ano um padre católico falou a um encontro de PK's em Plainview, Texas. Um dos diretores dos PK's era um católico romano. 

Em abril de 1996 a banda de rock gospel DC Talking levou uma multidão ao campus no maior concerto da história da universidade de Falwell. 

Em 1996 Falwell uniu-se a SBC (convenção batista do sul), e em 1999 a Universidade da Liberdade era formalmente aprovada como uma escola da SBC. (Falwell ainda mantém ligação com a Comunhão Batista Bíblica e participa de suas reuniões).

Em 1997 Falwell juntou-se com os carismáticos da Integrity Music para treinar os líderes de adoração na Universidade da Liberdade. 

Quando o cardeal católico John O'Connor morreu em maio de 2000, Falwell o elogiou: "Eu agradeço a John O'Connor – um homem de coragem e fé – que teve influência profunda na igreja católica pelos cinqüenta e cinco anos de seu ministério. Eu rezo para que outro ministro pró-vida, pró-família possa ser achado para preencher o seu lugar". Falwell não disse nada sobre o fato que o falso evangelho de O'Connor enviou multidões ao inferno. Quando o Apóstolo Paulo foi perguntado sobre esses que pregam um falso evangelho, a resposta dele foi bastante diferente de Falwell. Paulo respondeu, "seja anátema" (Gl. 1:8-9). 

Em 2001 Falwell se identificou como um "fundamentalista contemporâneo", definindo-se como "conservador em doutrina, moderado em atitude, progressivo em metodologia, e liberal em espírito".

Isso soa impressionante e indubitavelmente agrada a multidão "progressiva", mas na verdade, ele é descuidado sobre doutrina (i.e., ele permitiu ensinar a teoria da evolução na Univeridade da Liberdade para obter credenciamento oficial), moderado em lugar de rígido em atitude para com a apostasia, progressivo em lugar de bíblico em metodologia, e liberal em espírito para muitos dos inimigos de Deus. 

IGREJA BATISTA MARCO, CINCINNATI, OHIO

A Igreja Batista Marco em Cincinnati, Ohio, era uma igreja Batista com padrões antigos de música e vestimenta e compromissada com a velha Bíblia inglesa King James.  

Nos anos noventa a igreja foi para longe de suas raízes e o coração desta mudança estava na música. Em 1996 a igreja trouxe uma banda de uma cruzada evangelística que tocava rock gospel no estilo dos anos 50 e 60.

Em 2001, Matt Holman se tornou o seu pastor. O site da igreja diz: "sendo composta de crentes firmes essa igreja deve ser alegre no limite e Matt pôs toda sua energia em fazer da Marco um lugar onde todos sejam parte dela".

A igreja tem agora um ministério adolescente chamado EnterRuption. "O propósito do EnterRuption é criar um ambiente adequado para os jovens da igreja trazerem os seus amigos. Nós temos uma banda (que toca música secular e cristã), grupo de teatro, apresentação de peças satíricas e uma mensagem pertinente."

Eu desejo saber se a mensagem de Paulo no Areópago, no qual reprovou a idolatria dos atenienses e exigindo corajosamente arrependimento, era "pertinente"? Eu tenho uma leve suspeita que as mensagens apresentadas pelo EnterRuption não sejam exatamente como a de Atos 17 em natureza. De qualquer maneira tal mensagem não se ajusta na atmosfera engrenada para a "alegria" e envolvimento com o rock and roll.

O grupo pop Jump5 tocou na Igreja Batista Marco no dia 6/12/ 2003. "A música do grupo de Nashville é completamente moderna, animada e 100% divertida.
 
IGREJA BATISTA BELÉM, FAIRFAX, VIRGÍNIA

Esta igreja ilustra as mudanças que a música gospel traz. Antes esta igreja era uma igreja Batista à moda antiga que acreditava na separação e era comprometida com a Bíblia King James, mas agora essa igreja tem mudado gradualmente para uma direção contemporânea. Até que em 2002 a Comunhão Batista Bíblica Internacional celebrou em suas dependências a sua conferência com um grupo de adoração "contemporâneo" sendo conduzido por quatro mulheres. 

Hoje a Igreja Batista Belém está muito longe de suas raízes no assunto de padrões. Em uma carta de 3 de julho de 2003, o pastor David Stokes disse: "Com respeito a vestimenta e modéstia, não obrigamos NENHUMA REGRA aos nossos membros. … assuntos de vestuário realmente são de NENHUMA PREOCUPAÇÃO para nós" (ênfase adicionada). 

Se o pastor realmente quiz dizer o que diz, então estaria de acordo se uma professora de Escola Dominical viesse a igreja com seu biquíni! Claro que ele provavelmente não permitiria tal coisa, o que ele realmente quis dizer é que ele rejeitou os rígidos padrões bíblicos conservadores ANTIGOS e os substituiu  pelos frouxos padrões mundanos NOVOS. Todas as igrejas têm normas em vestimenta, mas enquanto alguns os tiram dos princípios bíblicos, outros os tomam dos princípios do mundo. Claro que o grupo conservador é constantemente rotulado pelo grupo moderno de legalistas. 

Também incitou a igreja a conduzir a derrubada da sua cláusula de ser "King James Only" e prega agora da New American Standard Version e a New Living Translation, entre outras. 

Recentemente o nome da igreja foi mudado de Igreja Batista Belém para Igreja Carvalhos de Justiça. 

Um dos ministérios da igreja é "Noite do Skate" que é patrocinada por grupos de skatistas. Assim a igreja é descaradamente ajuntada com incrédulos em desafio aberto à Bíblia (2 Cor. 6). Uma descrição da "Noite do Skate" foi descrita por um jornal local: "NA BATIDA DO ROCK CRISTÃO: dentro do pequeno ginásio West Ox Road em Fairfax, só alguns decibéis mais alto do que o estrépido dos carros... É domingo à noite e mais de 170 adolescentes e jovens - a maioria do sexo masculino - em fila junto às paredes do ginásio de Igreja Batista Belém, esperando a hora de se lançar sobre um labirinto de rampas improvisadas e grades" (Washington Post, 4 de abril de 2001). 

A igreja testemunha que está usando música rock e skate para ganhar as pessoas jovens a Cristo, mas a noite do skate e a apresentação do evangelho no site é tão fraca que fica quase sem sentido: 

"Nós não estamos falando sobre religião; nós estamos falando sobre uma relação. É sobre reconhecer que você não está perfeito. Todos cometem erros. De coisas insignificantes e uso de drogas até contar uma pequena mentira inofensiva, todos necessitam de um Salvador. Ele não se preocupa como você vê as coias, que coisas ruins você fez, ou até mesmo como bom você pode pensar que você é. Ele quer que você O conheça!" 

Isso não é a mensagem do evangelho que nós vemos no Novo Testamento. Não há nenhuma explicação clara do problema do pecado do homem. Não há nada sobre a santidade de Deus e Sua justiça, nada sobre o que Jesus fez para se tornar nosso Salvador, nada sobre a morte dEle, sepultamento e ressurreição. Nada sobre o Seu sangue. Não há nada sobre voltar-se para Ele pelo arrependimento. E como Deus não se preocupa como boa uma pessoa poderia pensar que é, Ele faz sim, certamente. Se uma pessoa pensar em si como boa em qualquer sentido, ela não pode ser salva. Alguém poderia ser salvo pelo ministério noite do skate da Igreja Carvalhos de Justiça, mas seria salva apesar de sua apresentação do evangelho e não por causa disto. 

Em um jornal da Igreja Batista Belém de 2002 há uma fotografia do novo pastor da mocidade da igreja, Rob Hoerr. Exibindo um cavanhaque, um brinco, e uma camiseta do P.O.D., este diretor da mocidade Batista independente está promovendo orgulhosamente o estilo de vida do rock cristão. 

P.O.D. é uma banda de rock. É suposto que as iniciais signifiquem "Pagável na Morte". Os membros da banda são cobertos de tatuagens, blafemam em entrevistas, fumam, assistem filmes indecentes, e criticam jovens "que querem se separar do mundo." O líder do grupo disse, que "Jesus foi o primeiro rebelde. Ele foi o primeiro punk rock a ir contra todo o sistema" (Sonny do P.O.D.,www.shoutweb.com/interviews/pod0700.phtml).

Em outra entrevista, P.O.D. disse, "Nós não estamos distribuindo folhetos que dizem 'Adquira vida eterna ou você vai queimar no inferno" (Sonny, Guitar World Magazine, Oct 2000, p.78). Sonny diz, "eu gosto de Slayer (N.T.: banda de heavy metal declaradamente satânica). Eu gosto de Manson. Eu gosto desse tipo de música e desta imagem sombria" (2001, entrevista com Theresa McKeon da Shoutweb intitulada "P.O.D. Os Elementos Fundamentais do Deus Rock"). Ele está falando sobre o roqueiro anticristão Marilyn Manson. O guitarrista do P.O.D. Marcos diz, "Você sabe, todo mundo é livre para o rock. Quando nós vamos ao palco nós enlouquecemos. Nós ficamos como quatro sujeitos que você deveria pôr em um sanatório" (entrevista com Hwee Hwee Tan, Singapore, October 2002). 

Esse é o exemplo que você quer que seus jovens sigam, queridos pais cristãos? Eu exprimo minha aflição sobre esses diretores de mocidade mundanos que estão conduzindo os jovens em tais caminhos, e aflição até desses pastores que designam tais diretores da mocidade! 

Assim nós podemos ver que aquela Igreja Batista Belém foi para longe do caminho de suas raízes como uma conservadora igreja Batista fundamentalista, e a música está mesmo no coração das mudanças. 

IGREJA BATISTA TEMPLO DE DETROIT, MICHIGAN

Outro exemplo é a Igreja Batista Templo de Detroit, Michigan. Esta igreja era pastoreada por J. Frank Norris de 1935 a 1950 e por G. Beauchamp Vick de 1950 a 1975. No passado, era a igreja mais proeminente na Comunhão Batista Bíblica Internacional (BBFI). Vick era um dos fundadores da BBFI e em 1950 era o presidente da Faculdade Batista Bíblica. Era uma igreja batista fundamentalista conservadora que evitou o ecumenismo, tinha forte ênfase na pregação da doutrina bíblica e promoveu santificação na vida e separação do mundo. Também usou somente a Bíblia King James. Pregando em 1975 no 25º aniversário de fundação da BBFI, G.B. Vick disse: 

"Tem se tornado moda usar muitas versões diferentes da Bíblia hoje. ... Escutem! Esta King James, nossa Bíblia inglesa, a Bíblia de nossos pais e mães, é a que veio flutuando até nós no sangue dos mártires cristãos, nossos antepassados. Foi, eu digo, o texto da Faculdade Batista Bíblica, e será, contanto que eu ainda tenha qualquer coisa que ver com esta escola! [amens alto e aplauso]... aderimos ao Livro Antigo." 

Naqueles dias a Igreja Batista Templo era do Livro antigo e dos caminhos antigos, mas isso mudou nos anos noventa. 

Em 1990 a igreja adquiriu um novo pastor, um jovem chamdo Brad Powell, que começou a conduzir a igreja para uma direção contemporânea. 

É descrita a música da igreja hoje em seu site: "As BANDAS DE LOUVOR provêem música para todos os serviços. As BANDAS DE LOUVOR consistem de piano, sintetizador, violão acústico e elétrico, baixo, violão e tambores." 

A igreja começou a ter concertos de música gospel no começo dos anos 90, começando com grupos de rock "suave". Por exemplo, setembro de 1993, eles tiveram Steve Camp. Em outubro de 96, foi a vez de Michael Card que é radicalmente ecumênico e que trabalha com John Michael Talbot, que é católico romano (reza a Maria) e reivindicando que os distintivos denominacionais  não são importantes. 

Em fevereiro 2000 a Igreja Batista Templo mudou seu nome para Igreja Northridge de Plymouth, Michigan, depois de fazer uma pesquisa na comunidade e descobrir que a maioria das pessoas não gosta do nome batista. 

O estilo de música dos grupos gospel na Igreja de Northridge tem ficado cada vez mais sofrível. Em setembro de 2003, a igreja foi anfitriã de Sonic Flood, e Charlie Hall foi programado para estar lá em outubro. No mesmo mês, a igreja foi anfitriã de Darlene Zschech, que promove ecumenismo e doutrinas não bíblicas e práticas carismáticas. 
 
IGREJA BATISTA SOUTHSIDE, GREENVILLE, CAROLINA SUL

Considere o exemplo Igreja Batista de Southside, Greenville, Carolina do Sul. Esta igreja foi fundada em setembro de 1946. De 1965 a 1996 era pastored por Walt Handford. A sua esposa Elizabeth, é um das filhas do famoso evangelista John R. Rice, fundador da Sword of the Lord. Foi por muito tempo associada com a Southwide Baptist Fellowship. Era uma igreja de batista fundamentalista conservadora até os anos noventa. 

Elizabeth Rice Handford é a consultora editorial da revista Mulher Jovial que nos anos noventa começou a dar ênfase a personalidades ecumênicas como James Dobson e Elisabeth Elliot, ambos têm conexões íntimas com a igreja católica. 

Em setembro de 1993, a igreja foi anfitriã de Ray Boltz para um concerto de música gospel. 

Em 1993, a Southside deixou a Bíblia King James em favor da NVI. Em defesa deste movimento, o orador da Southside no sermão na noite de domingo de 12 de setembro de 1993, era Kenneth Barker, presidente do comitê de tradução da Nova Versão Internacional. 

Em 1994 a igreja teve um membro que também estava à serviço do extremamente ecumênico Campus Cruzade for Christ. Em uma entrevista na revista Charisma em 2001, o fundador do Campus Cruzade, Bill Bright descreveu a sua filosofia: "Eu senti que Deus me levou muitos anos atrás a construir pontes. Eu sou um presbiteriano. . . e ainda trabalho com todo mundo que ama a Jesus, se eles são carismáticos ou católicos, ortodoxos ou de qualquer linha . ... Eu não sou um evangélico. Eu não sou um fundamentalista".

Em 1996, Charles Boyd se tornou o pastor da Southside. Ele é diplomado pelo Seminário Teológico de Dallas e pelo Seminário Teológico Gordon-Conwell, ambos são Neo Evangélicos. 

A Igreja Batista Southside mudou seu nome recentemente para Comunhão de Southside. 

ESSAS SOMENTE SÃO MUDANÇAS DE ESTILO OU ELAS SÃO DOUTRINÁRIAS? 

É bom que estas igrejas estejam mudando os seus nomes, porque certamente eles estão mudando a sua filosofia de cristianismo. Em cada caso, eles professam que não mudaram nada importante. Brad Powell de Northridge (antigamente Templo Batista de Detroit) reivindicou isso seguindo o guru de crescimento de igreja Bill Hybels de Willowcreek, ele não mudou nada de significação. Para esses que têm olhos para ver, não há subterfúgio. Se a Igreja Batista Templo era certa e bíblica em seus dias passados, a Igreja de Northridge está errada hoje, e se Igreja de Northridge é certa e bíblica hoje, o Templo Batista antigo estava errado. A doutrina, prática e filosofia da igreja antiga e a nova não são compatíveis. Para o crente na Bíblia, a escolha entre a filosofia de crescimento da igreja contemporânea e a filosofia fundamentalista tradicional antiga não é "ambos", é "cada um".

Os pastores que seguem os princípios de crescimento da igreja contemporânea reivindicam que elas não mudaram em nenhuma doutrina, só no estilo. Isso simplesmente não é verdade. Muitas das denominadas mudanças de "estilo" são doutrinárias. Permitir que os membros da igreja se vistam imodestamente como o mundo sem qualquer reprovação ou correção é um assunto doutrinário. Tomar emprestado a música que o mundo usa para o prazer sexual e incorporar essa mesma música no programa da igreja é um assunto doutrinário. Reivindicar que tal música é neutra é um assunto doutrinário. Estar sob um jugo desigual e ecumênico com carismáticos é um assunto doutrinário.

Dizer que a pregação deve ser focalizada no positivo é um assunto doutrinário. Tirar Mateus 7:1 e Romanos 14:4 de seu contexto para aprovar um ensino de "não julgar" doutrinariamente para ter aproximação sem controvérsia com ministérios heréticos é um assunto doutrinário. Usar a comunidade para planejar a política da igreja é um assunto doutrinário. Adotar uma filosofia neoevangélica é um assunto doutrinário. 

Quando uma igreja muda seu "estilo" nessas áreas, passa por uma mudança doutrinária radical; e o orgulho contínuo frente aos que pensam o contrário é mero barulho sem significado e somente engana os cegos obstinados.

Essa é uma pequena dúvida que J. Frank Norris e G. Beauchamp Vick considerariam no atual "estilo" nos assuntos doutrinários na Northridge.
 
CONCLUSÃO 

Acreditamos que Gordon Sears tinha razão quando ele disse: "Quando o padrão de música é abaixado, então o padrão de vestimenta também é abaixado. Quando o padrão de vestimenta é abaixado, então o padrão de conduta também é abaixado. Quando o padrão de conduta é abaixado, então o senso de valor na verdade de Deus é abaixado." 

E Frank Garlock está correto quando observa, "Se uma igreja começa a usar música gospel consequentemente perderá todos os outros padrões." (Garlock, Bob Jones University Chapel, 12 de março de 2001). 

Uma palavra para essa situação é suficiente. "Não sabeis que um pouco de fermento faz levedar toda a massa?" (1 Cor. 5:6; Gal. 5:6). 

Traduzido por Edimilson de Deus Teixeira
Fonte: Way of  Life  

Discernimento Bíblico - www.discernimentobiblico.net