O PRIMEIRO BATISTA

Stanley E. Anderson

INTRODUÇÃO

Durante três anos de meus estudos na faculdade no Seminário Teológico Batista do Sul em Louisville, Kentucky, eu revisei todo o campo de estudo do Novo Testamento, lembrando que um dia eu trabalhei com um Ph.D. eu pedira para ele apresentar um assunto no qual eu iria escrever uma tese de doutorado. Depois de verificar toda a gama das quase ilimitadas facetas da vida e literatura dos dias de Cristo e dos apóstolos, eu escolhi para meu assunto o ministério de João o Batista.

Nesses dias de pesquisa intensiva e desde muitos anos, eu agradeci a seleção do estudo. Nenhuma maior contribuição alguma vez foi feita a minha própria vida e para minha compreensão da mensagem cristã do que este conhecimento íntimo com a obra do grande Batista. Para meu espanto, aprendi durante o tempo dessa pesquisa que há pouca coisa escrita sobre este homem que foi o segundo maior nascido de mulher. Por que ele foi negligenciado ainda é um mistério para mim.

Esta é uma razão para minha grande apreciação do material escolhido pelo Dr. Anderson, ao conhecer a sua intenção de publicar este volume em João. Tendo visto o manuscrito e tendo seguido a linha clara desta discussão, eu agradeço duplamente. Para tudo que conhecem mais de Cristo e para todos os que seguem o doce, espírito humilde de João, o primeiro batizador, estas páginas serão uma bênção inenarrável. A chamada e a obra de João o Batista eram do céu. Explicitamente e repetidamente, as Santas Escrituras apresentam João como sendo pessoalmente uma criança nascida no propósito eletivo de Deus e as palavras que ele pregou e o batismo que ele instituiu não foram menos que as diretivas do céu.

Não é coisa tal como entender o ministério cristão e a mensagem cristã sem entender a mensagem e o ministério de João primeiro. Pelos olhos do Dr. Anderson e pela sua pesquisa paciente e cuidadosa, veremos este grande pastor em toda a sua glória, em todo o seu significado, e em toda a sua doce humildade em como ele preparou o caminho para o nosso Deus.
Abençoados são os olhos que vislumbram estas páginas; abençoado é o professor e o pastor que possuem este volume. Acima de tudo, que Deus abençoe aos seus filhos na terra com o exemplo incomparável do primeiro batista que viveu para nenhum outro propósito além de apontar os homens a Cristo. Que o Senhor possa fazer de nós todos ganhadores de almas como ele.
Pastor W. A. Criswell,
Primeira Igreja Batista de Dallas, Texas.

PREFÁCIO

Autor: Você acha que João o Batista foi o primeiro batista?
Leitor: Que tipo de batista você quer dizer? Do sul? Americano? Conservador? Geral? O que você quer dizer por batista?
Autor: Quero dizer o Batista do Novo Testamento. Esquecido pelos batistas por vinte séculos. João foi o primeiro batista do Novo Testamento ou o primeiro batizador? Se ele não foi o primeiro batista, quem foi?
Leitor: Eu tenho lido que João copiou o batismo de prosélitos que existia anteriormente. Se foi assim, então ele não foi o primeiro a batizar.
Autor: Mas Jesus disse, por implicação, que o batismo de João veio do céu, da mesma forma que a Sua autoridade veio também do céu (Mateus 23-25). Seus críticos não puderam dizer que o batismo de João era dos homens, ou de uma geração anterior. Tudo nesta passagem, como em Marcos 11:27-33 e em Lucas 20:1-8, parece dizer que João foi o primeiro batizador e portanto o primeiro batista.
Leitor: Se é isso, qual é o problema? Por que a preocupação com João o Batista? Por que não dar mais atenção ao Senhor Jesus?
Autor: Este é o ponto. A maioria das pessoas ignoram o que Cristo disse sobre João o Batista. Mas Jesus honrou a João mais do que qualquer outra pessoa na terra. Se seguirmos a Cristo, tentaremos compreender melhor o que Ele disse sobre João, por que Ele o elogiou tão efusivamente e o que outros disseram sobre ele. Se nos tornarmos mais como João, podemos ter mais da aprovação de Cristo.
Leitor: Agora eu entendo a sua mensagem!
O propósito deste livro não é vangloriar-se sobre algum batista. Nem fazer um esforço aqui com o fim de demonstrar uma histórica ou cronológica conexão entre os batistas contemporâneos e João. Antes, é ajudar a apresentar uma conexão que é doutrinária, lógica e bíblica. Tal como um estudo que deva ter valores duradouros.
Resumidamente, a missão deste livro é semelhante em propósito com a missão de João o Batista. Este livro (oramos para isso) irá ajudar a:
1. Preparar o "caminho do Senhor" (Lucas 3:4).
2. Endireitar a "vereda do nosso Deus" (Isaías 40:3).
3. Mostrar para as pessoas "o cordeiro de Deus" (João 1:29).
4. Fazer Cristo manifesto através do batismo (João 1:31).
5. Revelar a "glória do Senhor" (Isaías 40:5).
6. Restaurar o significado original da palavra “Batista” (Lucas 7:28-30).
7. Alcançar a aprovação de Cristo (Mateus11).
Por muito tempo João o Batista tem sido escondido pelos pedobatistas, dispensacionais e acumulações interdenominacionais de doutrina, uma vez apreciadas por este escritor.
Este livro tenta recolocar o Novo Testamento inteiro como a primogenitura para todo crente e o alicerce doutrinal para cada Igreja.
A terra rica dos quatro Evangelhos, incluindo João o Batista, provê nutrição rica para todos os cristãos. Como a raiz dá força a um grande carvalho, assim a inspiração da vida de João o Batista pode revigorar toda pessoa que o considera seriamente. Cristo o honrou; ousamos fazer menos?
Agradeço a vários estudiosos competentes que leram o manuscrito original. A maioria das suas sugestões foi alegremente usada. Qualquer erro restante é do autor. Obrigado também aos publicadores pelas valiosas indicações. Que este volume possa fazer Cristo melhor conhecido e obedecido.

Stanley E. Anderson


Discernimento Bíblico - www.discernimentobiblico.net