Pastor Benny Beckum: Você é Realmente Salvo? Parte IIPastor Benny Beckum: Você é Realmente Salvo? Parte II



OS MALIGNOS FRUTOS DA SALVAÇÃO PELO SENHORIO

UMA DETALHADA CRÍTICA AO SERMÃO DO PASTOR BENNY BECKUM: "VOCÊ É REALMENTE SALVO?"

ESCRITO POR JOHN MARK CHARLTON

cheryljm@brktel.on.ca

Esta obra é uma análise de três sermões pregados pelo pastor Benny Beckum durante o acampamento de junho de 2003

Reimpresso sem revisão em agosto de 2004

Editado parcialmente pelo pastor D.A. Waite, Th.D., Ph.D.

PREFÁCIO

Como crentes e membros de uma igreja local do Novo Testamento, somos ordenados por Deus em vários lugares nas Escrituras a comparar qualquer pregação que ouvimos com a Sua Palavra. Atos 17:11 nos diz para recebermos a pregação da Bíblia "de bom grado" para então "examinar as escrituras" para garantir que o que está sendo dito está de acordo com a Palavra de Deus. Somos ordenados a "examinar todas as coisas" através de Sua Palavra em I Tessalonicenses 5:21, e também somos ordenados a "manejar bem a palavra da verdade" na II Timóteo 2:15. Ao obedecer a esses mandamentos dados a nós por Deus, se nos deparamos com o erro, então damos instrução específica de como lidar com esse erro.

Ainda que eu não estivesse presente nas três reuniões onde o pastor Beckum pregou, eu certamente tenho um dever para com nosso Deus, como todo cristão e membro da igreja em garantir que nada disso está ligado com ou patrocina um evento da igreja e contradiga as doutrinas da Bíblia. Como diácono da igreja eu percebi que alguém tinha que provar os erros que aconteceram nessas reuniões. Desde que não havia ninguém que estivesse disposto a fazer isto, eu tomei a formidável tarefa de analisar, revisar e sumarizar o erro que foi pregado naquelas reuniões e os efeitos que ele tem tido e que ainda continuará a ter, se deixado sem análise. Meu coração ficou fortemente carregado com o que aconteceu e com a tarefa que se colocou a nossa frente. Eu passei os últimos dez meses em fervorosa oração e estudo na tentativa de entender os eventos que aconteceram no último acampamento de verão. O texto a seguir contém minhas conclusões.

Eu gostaria de agradecer a minha família e aqueles poucos que apoiaram a mim e a minha esposa durante o tempo em que escrevi esta obra. Especificamente, eu sou grato as suas fervorosas orações de apoio, referências bíblicas e palavras de encorajamento.   


INTRODUÇÃO

Vou tentar tecer um plano de fundo das circunstâncias que levaram até o ponto onde eu concluí, por mim, que realmente havia erro nas reuniões. Eu acredito que é importante que você veja como eu cheguei a essa conclusão de forma que você vai entender a minha motivação para iniciar essa investigação sobre o que foi ensinado nas reuniões. Em segundo lugar, eu dou uma visão geral sobre a minha conduta pessoal nas reuniões. Eu faço isso porque tenho sido acusado de muitas coisas que entendo que seja o resultado de ser incompreendido. Em seguida, eu esboço alguns argumentos não bíblicos usados para apoiar a reuniões que vieram à tona e explicar por que eles não são bíblicos. Em quarto lugar, examino os três sermões pregados pelo pastor Beckum e explico por que eles são anti-bíblicos. Por fim, examino o que Deus espera que a igreja faça e ofereço algumas considerações finais. No final deste artigo eu também incluí uma refutação a este artigo (o único que recebi em 4 de agosto de 2004), e minha resposta à refutação.



ÍNDICE

Prefácio e Introdução Antecedentes Minha Conduta Pessoal desde os Acampamentos
Minha Resposta aos Argumentos Não Bíblicos Pastor Benny Beckum: Você é Realmente Salvo? Parte I Pastor Benny Beckum: Você é Realmente Salvo? Parte II
Pastor Benny Beckum: Você é Realmente Salvo? Parte III Conclusão O Que Deus Espera que a Igreja Faça Agora? Considerações Finais

Uma refutação a esta obra

Minha resposta à refutação



Discernimento Bíblico - www.discernimentobiblico.net