PAUL WASHER EXPOSTO

Por David J. Stewart

Leia também:
O Falso Evangelho de Paul Washer

Paul Washer Chama Batistas Conservadores Ganhadores de Almas de "ESTÚPIDOS"

Paul Washer é um falso profeta. Ele estudou no seminário teológico do sudoeste, onde logo após concluir a graduação foi ao Peru, onde atuou como missionário por 10 anos e onde também fundou o HeartCry Missionary Society para apoiar plantadores de igrejas. Sua mensagem é sutil, semelhante a de Ray Comfort e John MacArthur, mas todos eles em essência, ensinam a mesma coisa – salvação pelo senhorio. O texto abaixo é um excerto de uma mensagem popular de Paul Washer sobre a "chamada à reforma". No vídeo Paul Washer tolamente declara:  

"Mas digamos que uma pessoa vem para frente ou uma pessoa está lá fora, com nós em um parque em algum lugar e dizem: "Sim, eu acredito, eu acredito que ele me salvou hoje". Você deve dizer: "Louvado seja Deus!" Mas então, então, você deve dizer: "Agora me escute com muita clareza. Se você realmente se arrependeu de seus pecados e creu, Deus te salvou; mas a evidência de que você realmente se arrependeu e creu para a salvação é que você vai continuar se arrependendo e crendo, e Deus e Seu Cristo se tornará precioso para você, e você vai começar a andar e crescer. Sim, será uma luta e, às vezes você irá falhar, mas ao longo de sua vida você vai começar a crescer de santidade em santidade; você vai crescer em santidade sem a qual ninguém verá o Senhor. A evidência de que você é verdadeiramente convertido hoje é que você vai continuar se arrependendo. Se a maioria das pessoas tivesse sido informadas disso, elas não estariam descansando em uma falsa segurança hoje".
 
Fonte: Paul Washer, A Challenging Message From Paul Washer
 
Paul Washer erroneamente entende que o arrependimento é um processo. Ele diz, “a evidência de que você realmente se arrependeu e creu para a salvação é que você vai continuar se arrependendo” [ênfase adicionada]. Continuar a se arrepender? Obviamente, Washer compreende o arrependimento como significando a busca pela santidade, melhorando o caminho de alguém e o fazendo melhor. Isto NÃO é arrependimento! Estas coisas são os RESULTADOS do arrependimento genuíno. Uma vida mudada é o FRUTO do verdadeiro arrependimento, e não o próprio arrependimento. Paul Washer está efetivamente ensinando salvação pelas obras.
 
Agora, o que é o arrependimento? A palavra significa mudar. Deixe-me lhe fazer uma pergunta ... Você já mudou?
Fonte: Repent and Believe, Parte 4
 
Paul Washer erradamente define arrependimento como uma mudança no estilo de vida.
 
Dr. Harry A. Ironside (1876-1951) corretamente afirma:
"Arrependimento é o reconhecimento de minha pecaminosidade - o reconhecimento, diante de Deus, que eu sou tão vil como Ele declarou-me em Sua Santa Palavra".
Fonte: Except Ye Repent, Dr. Harry Ironside, capítulo 3
 
Paul Washer, assim como Ray Comfort, Kirk Cameron, John Macarthur, e outros, erradamente definem o arrependimento como uma mudança contínua da vida, ou seja, um processo. No entanto, uma vida transformada é o resultado, isto é, o fruto, de genuíno arrependimento; e não o próprio arrependimento. Se o arrependimento é como um processo, então é um modo de salvação. Eles estão errados! Arrependimento bíblico NÃO é algo que continua até o fim de nossas vidas aqui nesse mundo, mas em vez disso, ocorre uma vez no momento da salvação. É "uma mudança de mente" (do grego: metanoia). Uma vida mudada é o fruto do arrependimento genuíno, não uma parte da fé salvadora, nem uma exigência para selar a salvação.

Jesus ensinou que um homem deve nascer de novo para entrar no Reino dos Céus (João 3:3-7). O Senhor comparou este nascimento espiritual ao nascimento físico. Quando uma criança nasce neste mundo, ele ou ela cresce como resultado desse nascimento. O processo de crescimento NÃO é necessário para que o nascimento ocorra. Da mesma forma, crescimento em santidade não é necessário para nascer de novo. Se um crente cresce ou continua no Senhor é totalmente irrelevante para a própria salvação. Assim como um bebê no útero não tem absolutamente nenhum controle sobre o seu nascimento, nem um pecador tem qualquer controle sobre a salvação de Deus. O momento em que cremos no Senhor Jesus Cristo, temos feito o que Deus requer para a salvação. A salvação é do Senhor (Jonas 2:9). A salvação é baseada na justiça imputada de Cristo, e não sobre a nossa própria justiça, de forma alguma.
 
Pastor Harry Ironside está correto

Por favor, leia a explicação sobre o Evangelho e arrependimento, pelo Pastor Harry A. Ironside (1876-1951). Claramente, Ironside ensinou uma visão da Graça gratuita do Evangelho. Considere a seguinte citação do Dr. Ironside ...
"O Evangelho não é uma chamada ao arrependimento, ou um melhoramento dos nossos caminhos para fazer a restituição pelos pecados do passado, ou a promessa de ser melhor no futuro. Estas coisas tem seu lugar próprio, mas elas não constituem o Evangelho; porque o Evangelho não é um bom conselho para ser obedecido, é uma Boa Nova para ser acreditada. Não cometa o erro depois de pensar que o Evangelho é um chamado para cumprir deveres ou uma chamada para uma reforma, uma chamada para melhorar sua condição, para se comportar de uma forma mais perfeita do que você já fez no passado ... Nem é o Evangelho uma exigência que você deixe o mundo, que você acabe com os seus maus hábitos e comece a tentar cultivar os bons. Você pode fazer todas essas coisas e nunca acreditar no Evangelho e, consequentemente, nunca ser salvo".
FONTE: Harry A. Ironside, sermão What is the Gospel?
 
Harry A. Ironside corretamente reconheceu o arrependimento como a confissão de que "não temos mérito algum" e que se alguém é "salvo, só pode ser através dos méritos de nosso Senhor Jesus Cristo". A salvação é sem obras de justiça própria. Romanos 4:5 claramente ensina que a fé de um homem é IMPUTADA como justiça, isto é, a justiça de Jesus Cristo é imputada a alguém pela fé. Não bagunce com o Evangelho. Basta acreditar nele!
 
Paul Washer perverte a mensagem do Evangelho

PRIMEIRO, Paul Washer corrompe o sentido bíblico de Hebreus 12:14. Hebreus 12:14 e 15 declara: "Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor; Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem". A correta interpretação de Hebreus 12:14 é que nosso testemunho afeta aqueles que estão conosco. Sem santidade em nossas vidas pessoais outros não verão ao Senhor. Assim, nos tornamos uma raiz de amargura para aqueles que convivem conosco. Ignorância em relação as Escrituras é uma coisa perigosa, e Paul Washer é terrivelmente ignorante sobre Hebreus 12:14, transformando a graça de Deus em uma mentira. Paul Washer incorretamente ensina que um pecador não pode ser salvo sem buscar a santidade pessoal. 
 
SEGUNDO, Paul Washer está correto ao ensinar que uma mudança de vida é evidência de genuíno arrependimento; mas ele comete o erro fatal de ACRESCENTAR arrependimento contínuo à fé salvífica. De onde vem este requerimento não bíblico  de perseverança para a salvação? Vem de um entendimento distorcido do significado bíblico de “arrependimento”. O genuíno arrependimento bíblico é reconhecer-se culpado diante de Deus por causa do pecado... "sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus".
 
TERCEIRO, Paul Washer faz uma perigosa declaração que ensina salvação pelas obras... "A evidência que você é um verdadeiro convertido hoje é que você vai continuar se arrependendo. Se a maior parte das pessoas tivesse sido informadas disso, elas não estariam descansando em uma falsa segurança hoje". Claramente Paul Washer está ensinando que salvação requer “continuar se arrependendo”. De acordo com o falso evangelho de Paul Washer, qualquer pessoa que professa fé em Jesus Cristo deve também crer e se arrepender continuamente para ser salvo. O que Paul Washer sutilmente chama de “evidência” é de fato um "requerimento" para a salvação. Certamente isto é mais do que mera "evidência" se é algo que nós DEVEMOS FAZER CONTINUAMENTE. Você vê como o Evangelho é corrompido por pessoas ignorantes e sem instrução? Washer inverteu tudo. Você não "continua se arrependendo" para ser salvo, nem para permanecer salvo, nem mesmo para provar que está salvo, mas sim, porque você está salvo. Não temos que provar nada a ninguém.
 
Se Paul Washer está correto em sua mensagem, isto é, que uma pessoa deve "continuar se arrependendo" para ser salvo, então a salvação de alguém depende do esforço humano. Paul Washer ensina um falso evangelho. Gálatas 1:6-9 alerta: Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho; O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema". O verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo proclama a salvação como um dom gratuito de Deus (Romanos 5:15; 6:23), pago pelo precioso sangue de Jesus literalmente (I Pe 1:18,19). O homem não tem parte alguma na salvação. A vida eterna é um dom gratuito de Deus (Efésios 2:8,9), disponível a qualquer um que  o aceite  (Apocalipse 22:17) ao entender que é um pecador culpado, merecedor do fogo do inferno (Romanos 3:19; 6:23).   
 
Em flagrante contraste, Paul Waher ensina que as pessoas estão descansando em uma "falsa segurança" porque não estão "em contínuo arrependimento". Esta é uma salvação puramente baseada nas obras e um falso evangelho.
   
Paul Washer é um lobo em pele de cordeiro

"Porque há muitos desordenados, faladores, vãos e enganadores... Aos quais convém tapar a boca; homens que transtornam casas inteiras ensinando o que não convém, por torpe ganância" (Tito 1:10-11).
Heréticos como Paul Washer devem ser expostos. Satanás é o mestre da enganação. Isto é o que ele faz de melhor. II Co 11:13-14 alerta que os seus ministros viriam a nós transfigurados em ministros da justiça. Porém, lamentavelmente, o cidadão comum de hoje é calamitosamente ignorante sobre as Escrituras e não consegue de imediato identificar um falso profeta.
 
Não há segredo em como descobrir um falso profeta. A chave é EXAMINAR AS ESCRITURAS como o Senhor Jesus ordenou em João 5:39. Isto é de vital importância. A Palavra de Deus é a lâmpada do crente, espada e sua autoridade final. Uma das mais claras evidências de que uma pessoa é salva é seu amor pelas Escrituras. O mundo não salvo odeia a Bíblia porque ela o condena (João 3:20). Assim, se você quer se tornar hábil em identificar um falso profeta, então aprenda o que a Bíblia ensina e meça tudo por ela.
 
A doutrina perdida da "imputação" em nossas igrejas
 
Onde é que a justiça imputada de Cristo entra no falso evangelho de Paul Washer? Não é a salvação um "dom gratuito"? Sim, é! Uma das doutrinas mais abandonadas, esquecidas e ignoradas da fé cristã hoje é a imputação. Romanos 4:6 afirma: "Assim também Davi declara bem-aventurado o homem a quem Deus imputa a justiça sem as obras". Você leu que o senhor Washer ... Deus imputa a justiça SEM AS OBRAS! A palavra "imputa" aqui é a palavra grega logizomai e significa "passar para a própria conta". Literalmente, em resposta à nossa confiança no Senhor Jesus para perdoar os nossos pecados, Deus coloca a justiça de Cristo sobre nossa conta, e os nossos pecados foram colocados sobre Jesus na cruz ... “Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus ( 2 Coríntios 5:21). Paul Washer está mentindo quando diz que uma pessoa deve "continuar se arrependendo" para validar a sua salvação aos olhos de Deus. Não senhor, isso é uma mentira do diabo. Jesus pagou uma dívida que Ele não devia, porque nós tínhamos uma dívida que não podíamos pagar. A salvação de alguém, se for genuína, é baseada inteiramente na obra redentora consumada de Cristo, quando Ele aplicou seu sangue físico uma vez no santuário (Hebreus 9:12). Somos salvos unicamente pelo sangue de Jesus que lavou os nossos pecados (1 João 1:7, Apocalipse 1:5).
 
A Bíblia King James menciona as palavras imputar , imputa, imputando e imputada 15 vezes. Tragicamente, a Nova Versão Internacional (NVI) remove totalmente a palavra "imputar" em todas as suas formas. Não se admira que a doutrina da imputação desapareceu de nossas igrejas e a heresia infernal da salvação pelo senhorio as saturou. Salvação pelo senhorio é uma doença, uma praga, uma epidemia do abismo do inferno que IGNORA a justiça imputada de Jesus Cristo. A Nova Versão Internacional é um pedaço de lixo vil e se você tiver uma, a destrua, por favor!
 
Pense sobre isso amigo ... Se Deus imputa (ou seja, coloca a justiça de Cristo em nossa conta) no momento da salvação, então por que temos de "continuar se arrependendo" e crendo para ter a "verdadeira segurança", como Washer ensina? Isto é salvação pelas obras! Paul Washer ensina claramente que continuar se arrependendo e crendo são os REQUISITOS para a salvação ...
"A evidência de que você é verdadeiramente convertido hoje é que você vai continuar se arrependendo. Se a maioria das pessoas tivesse sido informadas disso, elas não estariam descansando em uma falsa segurança hoje".
Fonte: Paul Washer, A Challenging Message From Paul Washer

Washer é traiçoeiro em suas palavras. Embora ele fala de "evidências" da salvação, ele também claramente deixa claro que essas "evidências" são um requisito para a salvação. Com efeito, Washer tem combinado o FRUTO da fé de um crente (Tiago 2:18-21) com a RAIZ da fé de um crente (Romanos 4:5). Fazer isso é uma heresia condenável e um caminho garantido para o inferno. A doutrina da salvação pelo senhorio é estranha ao Evangelho de Jesus Cristo. Ela se baseia em salvação pelas obras. Tal noção abandona completamente a justiça imputada de Jesus Cristo, que é SEM OBRAS ... "Mas, àquele que não pratica, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é imputada como justiça". Amém! Como alguém pode argumentar com Romanos 4:5? ... A SUA FÉ É IMPUTADA COMO JUSTIÇA! Não há nada aqui mencionando sobre "continuar crendo e se arrependendo" como Washer tolamente ensina. Não há nenhuma controvérsia se você acredita na Bíblia. A salvação é sem obras e "continuar em contínuo arrependimento" em qualquer coisa é uma obra de justiça própria! Mais uma vez, uma vida transformada é o FRUTO do arrependimento genuíno e não uma parte da fé salvadora.
 
Conclusão

Paul Washer pode ser sincero, mas ele está sinceramente errado. Inúmeras pessoas já foram enganadas pela pervertida mensagem de Paul Washer. Considere cuidadosamente o que ele ensina ...
"Mas digamos que uma pessoa vem para frente ou uma pessoa está lá fora, com nós em um parque em algum lugar e dizem: "Sim, eu acredito, eu acredito que ele me salvou hoje". Você deve dizer: "Louvado seja Deus!" Mas então, então, você deve dizer: "Agora me escute com muita clareza. Se você realmente se arrependeu de seus pecados e creu, Deus te salvou; mas a evidência de que você realmente se arrependeu e creu para a salvação é que você vai continuar se arrependendo e crendo...".

Se você disser isso para alguém, você tem pervertido o Evangelho. Washer está ensinando claramente que para a salvação de alguém ser válida, ela deve fazer o esforço para "continuar a se arrepender e crer". Isso não é bíblico. Salvação é um dom. Se eu fosse dar-lhe um presente, mas então requerer que você continue fazendo algo como uma condição para recebê-lo, então certamente não seria um presente. Para chegar ao céu, precisamos de SUA JUSTIÇA ... "Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas" (Mateus 6:33). Paul Washer erroneamente requer dos pecadores colocar em evidência sua justiça própria, ou seja, continuar a arrepender-se, para ser salvo.
 
Se alguém compreende a justiça imputada de Jesus Cristo para o crente, tornada possível apenas com seu precioso sangue, então impostores como Paul Washer serão rapidamente expostos como falsos profetas. Se em qualquer momento algum pregador coloca o ônus e a responsabilidade da salvação sobre os ombros dos homens, exigindo uma mudança de vida como sendo necessário para selar a nossa salvação, você pode ter certeza que tal ensino é do diabo. Jesus pagou tudo. Cuidado com o corrupto evangelho Paul Washer!

Leia também:
O Falso Evangelho de Paul Washer

Paul Washer Chama Batistas Conservadores Ganhadores de Almas de "ESTÚPIDOS"

Traduzido por Edimilson de Deus Teixeira
Fonte:  Jesus is Savior

Discernimento Bíblico - www.discernimentobiblico.net