BATISTAS CARISMÁTICOS NÃO SÃO BATISTAS
Por Albert Gregg
 
Os chamados batistas carismáticos são falsos batistas. Não existem batistas carismáticos e nem carismáticos batistas
 
"Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligência acerca da salvação comum, tive por necessidade escrever-vos, e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos. Porque se introduziram alguns, que já antes estavam escritos para este mesmo juízo, homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de Deus, e negam a Deus, único dominador e Senhor nosso, Jesus Cristo" (Judas 1:3 e 4). 
 
"Não vos deixeis levar em redor por doutrinas várias e estranhas" (Hebreus 13:9a). 
 
Chegamos a um tempo da história em que muitas mudanças estão sendo feitas. Algumas dessas mudanças são de princípios e práticas, enquanto que outras têm a ver com ensino doutrinário e práticas nas igrejas especificamente. Há um abandono por parte de alguns, das crenças tradicionais dos Batistas como ensinado na Palavra de Deus. Estes não tentaram começar uma nova religião, nem mudaram seus nomes para indicar seu abandono das práticas bíblicas. Estes são “falsos batistas” porque não foram fiéis para com a doutrina bíblica. Eles usam o nome Batista para seu proveito enquanto que detestam e negam aquilo que verdadeiros Batistas creem.   
O abandono inicial foi a entrada no que é chamado “movimento carismático”. Os carismáticos afirmam possuir algo que foi abandonado nas práticas da igreja por muitos, muitos anos.
A questão que surge então é: "Só eles tem uma coisa que todo mundo perdeu?"

O que aconteceu no passado?
 
A história nos diz que falar em línguas e milagres especiais no sentido bíblico teve fim no segundo século. Esses dons foram primeiramente dados aos apóstolos e não existe algo como uma sucessão apostólica. Não somente isso, mas a Bíblia também nos diz que esses dons cessaram. "O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado". (I Coríntios 13:8-10).
 
Temos algo melhor que línguas, ciência e profecias; é a completa Palavra de Deus. Quando consideramos a Palavra de Deus valiosa, precisamos dessas coisas que os homens dizem ou fazem? "O que é perfeito" encontrado no versículo 10 é a Palavra de Deus. Portanto, quando lemos as promessas de Deus e as aceitamos por fé, não necessitamos de nenhuma prova superficial de que Deus existe e que opera em nossas vidas. Eu acredito em milagres, mas não acredito que eles tenham que ser controlados pelos homens. Deus opera todos por Ele mesmo.   
 
A prática pentecostal de falar em línguas tem pouco mais de cem anos de idade. Isso deve nos dizer algo. O Senhor fala que Ele edificaria Sua Igreja e que as portas do inferno não prevaleceriam contra ela. "Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;" (Mateus 16:18).
Para esta prática pentecostal ser correta, significaria que por volta de 1800 anos a Igreja de nosso Senhor Jesus Cristo não existiu, e que, de fato, as portas do inferno prevaleceram contra ela. Você está disposto a acreditar nisso? Tal como a humanidade é preservada pela reprodução, a autoridade da Igreja é passada para uma nova, para que ela se desenvolva para outra igreja bíblica, ao passo que, se ela se desenvolve fora de outra Igreja Bíblica, qualquer que seja, não tem autoridade de Deus e na verdade não é uma igreja sob qualquer condição. Quando uma Igreja bíblica abandona a verdade e permanece no erro, ela cessa de ser uma verdadeira igreja do Senhor.  
 
Quando uma igreja que se chama Batista deixa a doutrina bíblica, ela cessa de ser uma Igreja Batista, e, portanto, deve mudar seu nome para se ajustar a nova doutrina que adotou. Na verdade, aos olhos de Deus, ela cessa de ser uma igreja e se torna apenas outra organização feita pelos homens.

Está havendo um reavivamento do fim dos tempos?
 
Eu fico ouvindo as afirmações carismáticas de que um grande reavivamento está varrendo a terra. Entretanto, eu não vejo evidência que apóie isto. A Palavra de Deus, por outro lado, nos diz que é justamente o contrário que ocorre: "SABE, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te" (II Timóteo 3:1-5).
 
Quando vejo as notícias, percebo que a criminalidade e a imoralidade aumentam cada vez mais. Como tenho visto, os bares e clubes noturnos têm aumentado seu número em todos os lugares nas cidades. A história nos diz que durante os grandes reavivamentos do passado que lugares de impiedade eram fechados porque as pessoas queriam andar em retidão diante de Deus. É estranho que se estamos no meio de um reavivamento, não há evidência do pecado sendo vencido.   
     
Nem todo evento sobrenatural é produzido pelo Espírito Santo
 
"Mas", você diz, "você deve sentir o espírito". Eu tenho sentido o que algumas pessoas chamam de o espírito, e eu não tenho dúvidas que existe a presença de um espírito, mas o que eu quero saber é "que espírito é esse?" O próprio diabo é capaz de aparecer como um anjo de luz."Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo. E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras". (II Coríntios 11:13-15)
 
Somos alertados a provar os espíritos para ver se eles são de fato o Espírito Santo ou um espírito maligno. "AMADOS, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque muitos falsos profetas se têm levantado no mundo. Nisto conhecereis o Espírito de Deus: Todo o espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus; E todo o espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus; mas este é o espírito do anticristo, do qual ouvistes que há de vir, e eis que já agora está no mundo". (I João 4:1-3)
 
A Bíblia nos diz que viriam aqueles que fariam muitos milagres no nome do Senhor, mas que eles não seriam nem mesmo salvos. "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade". (Mateus 7:21-23).
 
Eles não somente não eram salvos, mas praticavam iniquidade ao invés de milagres divinos.
 
Uma atitude errada

Uma coisa que me deixa aborrecido é que a maioria das pessoas que "falam em línguas?" acreditam serem elas mesmas melhores crentes que todas os outros e não se importam em dizer a você o que são. Este é o espírito de orgulho e é condenado pela Palavra de Deus. Devemos ser humildes, e não engrandecer a nós mesmos. "Ou cuidais vós que em vão diz a Escritura: O Espírito que em nós habita tem ciúmes? Antes, ele dá maior graça. Portanto diz: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações.  Senti as vossas misérias, e lamentai e chorai; converta-se o vosso riso em pranto, e o vosso gozo em tristeza. Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará. Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz. Há só um legislador que pode salvar e destruir. Tu, porém, quem és, que julgas a outrem?" (Tiago 4:5-12). Quando você vê uma pessoa que pensa que já chegou, saiba que ela não sabe para onde está indo.

Qual a importância de falar em línguas?
 
Falar em línguas não tem valor prático. "E agora, irmãos, se eu for ter convosco falando em línguas, que vos aproveitaria, se não vos falasse ou por meio da revelação, ou da ciência, ou da profecia, ou da doutrina? Da mesma sorte, se as coisas inanimadas, que fazem som, seja flauta, seja cítara, não formarem sons distintos, como se conhecerá o que se toca com a flauta ou com a cítara? Porque, se a trombeta der sonido incerto, quem se preparará para a batalha? Assim também vós, se com a língua não pronunciardes palavras bem inteligíveis, como se entenderá o que se diz? porque estareis como que falando ao ar".(I Coríntios 14:6-9). 
 
Precisamos saber e entender o que estamos dizendo: "Porque, se eu orar em língua desconhecida, o meu espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto. Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento. De outra maneira, se tu bendisseres com o espírito, como dirá o que ocupa o lugar de indouto, o Amém, sobre a tua ação de graças, visto que não sabe o que dizes?" (I Coríntios 14:14-16).

É muito importante que aqueles que nos ouvem sejam capazes de entender a mensagem: "Todavia eu antes quero falar na igreja cinco palavras na minha própria inteligência, para que possa também instruir os outros, do que dez mil palavras em língua desconhecida" (I Coríntios 14:19). Falar em outra língua foi dado como sinal para provar que Deus estava de fato na igreja. "De sorte que as línguas são um sinal, não para os fiéis, mas para os infiéis; e a profecia não é sinal para os infiéis, mas para os fiéis". (I Coríntios 14:22). Uma vez este fato estabelecido, não é necessário para nós falar em qualquer outra língua ou idioma desconhecido para provar alguma coisa. (Isto foi provado durante o tempo dos apóstolos). Insistir sobre isso ou oferecer constantes provas é dar crédito a dúvida que necessita dessa prova.

Eu sou um Batista! 
 
Eu sou um Batista por convicção e porque verdadeiros Batistas estão em harmonia com os ensinos da Bíblia. Eu lamento que alguns abandonaram a doutrina Batista e continuaram a usar este nome. Eles não são Batistas e deveriam ser honestos o suficiente para admitir isso. Mas, então, se todos fossem honestos, não haveria falsa religião no mundo hoje. Há uma certa quantidade de aceitação ao nome "Batista", o qual é útil para aqueles que querem perpetrar uma mentira.   
 
O diabo está ainda na sua busca por destruir as igrejas do Senhor Jesus Cristo e ele está usando o movimento carismático em seu esforço para conseguir alcançar este objetivo. Eu por pouco não cheguei a desejar que os verdadeiros Batistas criassem uma organização que oferecesse alguma proteção para todas as Igrejas Batistas, assim os "falsos batistas" poderiam ter feito a mudança em seus nomes. Mas, triste dizer, como já temos visto, tal coisa não funcionaria, pois existem muitos liberais como Batistas organizados. Eles não podem, ou não vão forçar seus "falsos batistas" a remover seu nome.     
 
Para que você entenda o que eu estou dizendo, aqui está um grupo de batistas organizados não biblicamente em sua convenção como relatado no Temple Daily Telegram em 1975:

Batistas do Texas Rejeitam Moção 
 
Dallas (AP) – Batistas do Texas rejeitaram uma moção nesta quarta-feira que poderia levar a expulsão de congregações carismáticas da Convenção Batista Geral do Texas. 
A proposta exigia que uma igreja devesse ser membro de uma associação batista local antes de poder integrar a organização estadual. Duas semanas atrás, a associação batista de Dallas expurgou de sua membresia duas igrejas neopentecostais ou carismáticas que praticavam cura e falavam em línguas.

Entretanto, os 2400 delegados presentes ao encontro anual rejeitaram a proposta por uma margem de 20/1. Então você vê que organizações não garantem que possamos aplicar práticas bíblicas sobre todos os Batistas. Na verdade, essas organizações somente garantem um abandono da verdade. Deus nos ajude a nos mantermos agarrados a verdade e permanecer fiéis independentemente do abandono de muitos da "fé que uma vez foi dada aos santos". (Judas 1:3).

Batistas sem instrução 
 
A triste verdade da questão é que há muitas pessoas que são Batistas apenas no nome. Eles não estão cientes da doutrina Batista, ou de aplicar corretamente a doutrina bíblica. Precisamos saber e ensinar "todas as coisas" que o Senhor nos deu para ensinar aqueles que são redimidos para que não sejam levados por todo vento de falsa doutrina. Eu creio que estamos vivendo nos dias descritos pelo apóstolo Paulo na II Timóteo 4:3 e 4 – "Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas". Apesar disso tudo, o filho de Deus é totalmente fiel ao Senhor!
 
Quem são os carismáticos? 
 
O movimento carismático nada mais é do que o pentecostalismo. Esse movimento tem trazido mais confusão e divisão para as igrejas do que qualquer outra coisa. Certamente não podemos acreditar que Deus enviaria divisão e discórdia entre as igrejas. A ordem de Deus é por unidade.  
 
"Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer". (I Cor. 1:10). No capítulo 11 da I Coríntios aprendemos que as divisões na igreja de Corinto eram causadas por heresias. E nos três capítulos seguintes encontramos Paulo lidando com as falsas crenças sobre falar em línguas.   

Não existe algo como um batista carismático 
 
Uma vez que alguém ou uma igreja caiu na mentira do diabo, eles abandonam a doutrina Batista e assim cessam de ser Batistas. Eles podem ainda tentar usar o nome, mas isso não os torna Batistas. Eu não entendo por que alguém que é pentecostal em doutrina não quer usar o nome. Se eles veem algo de errado com o movimento pentecostal, então por que não rejeitam completamente o que ele está fazendo?
 
"Por isso saí do meio deles, e apartai-vos" (I Cor. 6:17). Se você é um Batista seja fiel a doutrina bíblica que eles valorizaram ao longo dos anos. Se você não é, por favor, seja honesto o suficiente para não mais usar este nome. 

Traduzido por Edimilson de Deus Teixeira
Fonte:  The Baptist Pillar

Discernimento Bíblico - www.discernimentobiblico.net